Músicos de orquestra

O que é inclusão cultural

O Brasil é um país conhecido pela grande diversidade étnica e cultural de seus habitantes. Contudo, o problema da exclusão ainda é grande e é capaz de atingir diversas camadas da sociedade.

A exclusão de um determinado grupo de pessoas ocorre quando não há igualdade na conquista por oportunidades, quando não há igualdade na representação dentre os espaços públicos ou quando os direitos desses grupos são blindados.

A inclusão cultural define que qualquer pessoa seja incluída em diferentes espaços, independente da sua cultura.

Como a inclusão social abrange essa definição para diversos aspectos, como etnia, cultura, gênero, classe social e muitas outras características, podemos dizer que a inclusão cultural está dentro deste contexto.

Todo conjunto de ações que tem como objetivo proporcionar a participação igualitária de toda a população na sociedade é visto como uma prática de inclusão social.

Logo, quando essas ações visam garantir que todas as culturas tenham seu espaço igual na sociedade, a denominação é inclusão cultural.

O termo é bastante popular quando o assunto é ocupação de espaços públicos ou privados, como escolas, universidades, locais de lazer, academias, esportes, entre outros.

Por definição, a inclusão cultural consiste em garantir que todas as culturas tenham seu espaço e fala de forma igualitária.

Mas na prática, sabemos que são poucos os incentivos para que a inclusão cultural seja efetiva.

A importância da inclusão cultural para a sociedade

A inclusão cultural e social é mais do que uma necessidade, mas sim uma obrigação de todos.

É através deste conjunto de ações que são garantidos direitos, reconhecimento e poder de fala igualitário para todas as culturas em uma sociedade justa.

O Brasil está entre os países com maior diversificação cultural, e mesmo assim, há diversas culturas que são excluídas ou que possuem pouca visibilidade nos espaços públicos e privados do país.

Mesmo com a Lei 13.146 de 2015, que define os parâmetros sobre a inclusão social, podemos perceber que a exclusão ainda é grande no Brasil, principalmente em empregos, oportunidades de carreira, instituições de ensino e ambientes que permitem o crescimento do cidadão.

Estimular a inclusão cultural é importante, pois ninguém deve ser excluído por sua cultura. Afinal, não existe um padrão único cultural que deve ser seguido por todos, já que todas as pessoas são diferentes e têm gostos diferentes.

Portanto, respeitar o espaço do outro assim como suas crenças, estilo de vida e opiniões é dever de uma sociedade igualitária.

A inclusão cultural e social é importante em uma sociedade, pois é ela que garante que todos tenham os mesmos direitos e oportunidades em diferentes áreas da vida como educação, finanças, saúde, lazer, entre outras.

Este é um recurso que deve ser implementado em empresas, escolas, universidades, e em todos os ambientes, já que a inclusão cultural deve fluir de ações que proporcionam oportunidades iguais para todos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *