Cultura Pop

O que é cultura pop?

A cultura pop está por toda parte. Você pode perceber melhor isso, quando acessa a Internet, ouve música, assiste televisão, joga através de um aplicativo ou vai a um cinema, concerto, shows ou a um espetáculo no teatro.

Você conhece os artistas, os atores e atrizes, as personalidades de determinados esporte e os jogos que eles jogam.

Hoje, qualquer coisa que viralize pode ser considerada cultura pop.

As categorias de cultura pop mais comuns são entretenimento (filmes, música, TV), esportes, notícias, política, moda e tecnologia. E cada um de nós tem suas próprias preferências dentro da cultura pop.

Olhe agora para seus aplicativos, seus favoritos, sua lista de reprodução de músicas, programas de TV, filmes; ou até mesmo o que você tem compartilhado e falado em suas redes sociais.

Sem dúvidas, os smartphones hoje são o centro principal da cultura pop.

Por isso, se você quiser saber mais sobre o que é cultura pop, continue lendo esse artigo, pois vamos contar para você a história e suas diferentes definições.

História da Cultura Pop

Foi no século 19 que o termo “cultura popular” foi concebido. Tradicionalmente, o termo estava associado à uma educação precária e às classes populares, o que é o oposto da “alta cultura” e da educação superior das classes formadas pela elite.

No final do século 19, a ênfase na distinção de “alta cultura” tornou-se mais usada.

O significado da cultura popular começou a ser conectado com os da cultura de massa, cultura do consumo, cultura da mídia, cultura da imagem e cultura para consumo de massa a partir do final da Segunda Guerra Mundial, após grandes mudanças culturais e sociais, que foram trazidas pelos meios de comunicação e inovações.

Leia Também: O que é inclusão cultural

A forma abreviada de “pop” para popular, como na música pop, passa a ser utilizada no final da década de 1950.

Embora não fosse usada em nosso vocabulário naquela época, a cultura pop moderna (como a conhecemos) começou com a geração baby boomer e o “poder de compra”.

Quando os boomers atingiram a maioridade com suas rendas disponíveis, essa influência acabou levando à revolução da cultura pop. Tudo começou durante a década de 1950 com o rock, a TV e os rádios transistores, na década de 1960 e além.

Entretanto, o termo “cultura pop” veio a se tornar popular durante os anos 80.

A partir disso, usamos Cultura pop para descrever coisas, como listas de reprodução de músicas onde designamos muitas vezes determinadas músicas como “pop”, ou “melhor” ou “mais vendido”, para livros, por exemplo.

As diferentes definições de cultura pop

A primeira definição diz que cultura pop é uma coleção de pensamentos, ideias, atitudes, perspectivas, imagens preferidas pela população dominante, que é uma espécie de denominador comum.

Em termos simples, a cultura pop pode ser definida como uma mistura de ideias, imagens, atitudes e perspectivas, que caracterizam uma determinada cultura e que são adoradas pela população em geral.

Alta cultura

Alta cultura é um conceito que girava em torno de obras que eram feitas, por artistas contratados pela aristocracia, visando seu próprio consumo.

Ela se destacava por ser exclusiva e de acesso direcionado para a elite, uma vez que acreditavam ser a única capaz de compreender manifestações artísticas complexas.

Mathew Arnold foi o primeiro a usar o termo alta cultura em sua obra Cultura e Anarquia. Nela, ele expressou que “cultura” é conhecer o melhor de tudo o que foi pensado e dito no mundo.

Em 1948, TS Eliot viria a propor uma união entre alta cultura e cultura popular para criar uma cultura completa.

Cultura de massa

A cultura de massa é vista como uma cultura comercial, que é produzida em massa para um alto consumo das pessoas.

A cultura pop também pode ser definida de outra forma como uma cultura autêntica do povo. No entanto, isso pode ser desafiador porque há muitas maneiras de definir as “pessoas”.

A cultura popular está na extremidade oposta da cultura de massa. Como mencionado anteriormente, a cultura de massa é produzida e comercializada em larga escala pela sociedade.

A cultura popular, por outro lado, é tipicamente trabalhada individualmente e produzida e distribuída localmente. Isso pode incluir arte popular, música folclórica, artesanato folclórico e folclore em geral.

Eles geralmente se originam de grupos pequenos, regionais ou locais de pessoas e são considerados como representantes apenas desses pequenos grupos e estão se propagando de boca a boca e não através da mídia de massa.

Leia Também: Saiba tudo sobre a Lei Aldir Blanc

A cultura pop na atualidade

A cultura pop tem o potencial de influenciar as atitudes e comportamentos das pessoas em relação a determinados tópicos.

Na atualidade, temos visto uma crescente onda de nolstagia tomando conta desse cenário e se tornando uma tendência, principalmente entre os da Geração Y, ou conhecidos também como Millenials.

Entretanto, como ja foi dito anteriormente, a cultura pop pode ser reconhecida em diferentes categorias.

Na TV

O clima de nostalgia da cultura pop invandiu o mundo da televisão com a série Stranger Things, do Netflix, que nada mais é do que uma grande referência aos anos 80.

A série Mandalorian do Disney+, que buscou reviver todo o cenário de Star Wars instaurado logo após O Retorno de Jedi.

Cobra Kai, do Netflix, que chegou para matar as saudades dos fãs de Karatê Kid. Além do clima nostágico, temos outras séries de TV que se tornaram tendência entre os espectadores, como La Casa de Papel (Netflix), Black Mirror (Netflix), Game of Thrones (HBO), Anne with an E (Netflix).

E outras que marcaram gerações, e ainda continuam fazendo sucesso mesmo nos dias de hoje, como Friends (NBC) e How I Met Your Mother (CBS/ No Brasil atualmente pela Sony e Prime Video).

No Cinema

Os filmes que mais se destacam na atualidade pela cultura pop são os de super-heróis. Guardiões da Galáxia (vol. I e II) da Marvel trouxe aquele clima nostálgico em sua trilha sonora, trazendo de volta aqueles top hits dos anos 80.

Coringa (2019), da DC Black Label, que reviveu um dos vilões mais famosos das HQs, assim como todo um clima de Nova York nos anos 80. Destaque para a trilha sonora que provavelmente fez muita gente dançar junto com o famoso Joker.

Música

A volta das boysband e girlsband estão em alta. Vimos o retorno da banda Rouge, que havia deixado uma grande marca para a música brasileira dos anos 2000.

As bandas de Kpop (pop coreano) conquistaram o cenário atual da música internacional, criando uma nova tendência entre os jovens, mas ao mesmo tempo trazendo de volta aspectos de outras décadas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *